TOPO

“Brilhando no Escuro – Parte I”

As comunidades tradicionais de Bombas e do Ribeirão dos Camargo, junto ao Ponto de Cultura e Memória “Coisas da Prosa”, lançou em junho de 2015 o curta metragem “Brilhando no Escuro – Parte I”.

O documentário trata da realidade das comunidades que foram sobrepostas pelo Petar (parque estadual turístico do Alto Ribeira), que apesar de viverem no Estado de São Paulo, ainda sofrem pela falta de políticas públicas.

TOPO

Laurindo Gomes… Presente!!!

Hoje, dia 18 de fevereiro, está completando 4 anos do assassinato de LAURINDO GOMES (liderança do Quilombo Praia Grande- Iporanga/SP).

No dia de sua morte, 18 de Fevereiro de 2011, Laurindo carregava um dossiê com documentos que fundamentariam a solicitação do pedido de CPI realizada pelas comunidades tradicionais contra a Prefeitura Municipal de Iporanga em relação a falta de execução de políticas públicas voltadas aos povos tradicionais.

Um dos acusados foi condenado num primeiro julgamento e depois, por manobras jurídicas, teve seu julgamento anulado, sendo que o outro acusado já foi absolvido.

No dia 27/02/2015 acontecerá o segundo julgamento de um dos acusados pela morte de Laurindo Gomes

O julgamento será no Fórum da cidade de Eldorado, Rua Prefeito Francisco Canto, 14 – Centro – Eldorado – São Paulo, no dia 27 de Fevereiro, às 10h. no Fórum.

É FUNDAMENTAL que as autoridades desse país olhem com a atenção devida para a brutalidade e para o genocídio da cultura popular e tradicional que continua a ocorrer no país.

LAURINDO GOMES… PRESENTE!!!

LaurindoGomes-ArquivoPdC

 

LAURINDO 001

 

TOPO

Caboclos e seus sentidos

Caboclos e seus sentidos

As comunidades Caboclas do Ribeirão dos Camargo declaram sua tradicionalidade, cultura e sua luta pelo território. Uma das ações desenvolvidas na comunidade é a documentação em audiovisual, e o Curta Metragem “Caboclos e seus sentidos”  foi produzida pela Associação das Comunidades Caboclas do Bairro Ribeirão dos Camargo e a Prosa na Serra.

 

Software Livre… Experimente!

images-02

TOPO

Dia de Luta – 18 de Fevereiro – 3 anos sem Laurindo Gomes – Quilombo Praia Grande/Iporanga-SP

Coisas da Prosa

 

No dia 18 de fevereiro fará 3 anos de sua morte… seu corpo ainda não foi encontrado… o Judiciário continua trabalhando no caso.

 

O Coletivo das Comunidades Tradicionais de Iporanga continua lutando Laurindo Gomes…

LAURINDO GOMES você está sempre PRESENTE em nosso dia a dia…

As reivindicações continuam as mesmas… TERRITÓRIO é a principal delas, sua luta não foi em vão…

Nossa homenagem à LAURINDO GOMES… SEMPRE PRESENTE em nosso caminhar!

CURTA METRAGEM: “LAURINDO GOMES PRESENTE!”

TOPO

Vale do Ribeira Presente… IV Conferência da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Curta produzido pelo Ponto de Cultura “Coisas da Prosa”

O Ponto de Cultura “Coisas da Prosa” produziu o Curtíssimo “Vale do Ribeira Presente”, que relata a participação dos delegados do Vale do Ribeira (Maria Titi/Bairro Serra e Osvaldo Santos/Quilombo Porto Velho, ambos do município de Iporanga) na IV Conferencia da Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

 

Coisas da Prosa

Uma das propostas tirada na Pré-Conferência realizada em Registro e levada pelos delegados foi: “Ampliar o quadro da Defensoria, tendo um defensor público que atue especificamente em causas coletivas em cada Regional, com uso do atendimento móvel” foi aprovada no eixo Cidadania, Direitos Humanos e Meio Ambiente.

“Vale do Ribeira… Presente IV Conferência da Defensoria Pública do Estado de São Paulo”

[videojs mp4=”https://objects.dreamhost.com:443/videos-da-prosa/2014/01/ValedoRibeiraPresente.mp4″ webm=”https://objects.dreamhost.com:443/videos-da-prosa/2014/01/ValedoRibeiraPresente.webm” preload=”auto” autoplay=”false” width=”620″ height=”380″ id=”vale-do-ribeira-presente” class=”alignleft” controls=”true”]

O curta foi editado no Programa Blender…

“Software Livre… Experimente!

Coisas da Prosa

Meio Ambiente com Gente!

Visite o site:

www.defensoria.sp.gov.br/dpesp/Default.aspx?idPagina=533

e conheça todas as propostas aprovadas).

TOPO

IV Conferencia Estadual da Defensoria Pública – delegados do Vale do Ribeira levam a proposta: “atuação de defensor público especifico em causas coletivas”!

Coisas da Prosa

  Aconteceu nos dias 06 e 07 de dezembro, na Câmara Municipal de São Paulo o a IV Conferencia da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, onde foram discutidos os eixos: Cidadania, Direitos Humanos e Meio Ambiente, Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher, Habitação, Urbanismo e Conflitos Agrários, Infância e Juventude, Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência, Combate à Discriminação, Racismo e Preconceito, Política Institucional e Educação em Direitos, Situação Carcerária e Direitos do Consumidor.

Sr. Osvaldo (Quilombo Porto Velho)  delegado do Vale do Ribeira

Sr. Osvaldo (Quilombo Porto Velho) delegado do Vale do Ribeira

Abertura da IV Conferência - 06 de dezembro

Abertura da IV Conferência – 06 de dezembro

O Vale do Ribeira foi representado pelo Sr. Osvaldo dos Santos (Quilombo Porto Velho-Iporanga/SP) e pela Sra. Maria Titi (Bairro Serra – Iporanga/SP), que levaram as propostas da Pré- Conferência do Vale do Ribeira.

Maria Titi e Osvaldo - delegados do Vale do Ribeira na IV Conferência

Maria Titi e Osvaldo – delegados do Vale do Ribeira na IV Conferência

Maria Titi participou do grupo que discutiu o Eixo Cidadania, Direitos Humanos e Meio Ambiente, e Osvaldo participou do grupo que discutiu o eixo Combate à Discriminação, Racismo e Preconceito.

A participação na IV Conferência trouxe uma maior visibilidade à luta existente no Vale do Ribeira, onde o Território Tradicional não está sendo respeitado e a cultura cabocla, quilombola, indígena, caiçara, de pescadores artesanais, não é reconhecida, sendo que foram estás comunidades que preservaram o Bioma Mata Atlântica.

Grupo de Trabalho - eixo - Cidadania, Direitos Humanos e Meio Ambiente

Grupo de Trabalho – eixo – Cidadania, Direitos Humanos e Meio Ambiente

Coisas da Prosa

Coisas da Prosa

 

Uma das propostas tirada na Pré-Conferência e levada pelos delegados foi: “Ampliar o quadro da Defensoria, tendo um defensor público que atue especificamente em causas coletivas em cada Regional, com uso do atendimento móvel” foi aprovada no eixo Cidadania, Direitos Humanos e Meio Ambiente.

(visite o site www.defensoria.sp.gov.br/dpesp/Default.aspx?idPagina=5331 para conhecer todas as propostas aprovadas).

Grupo de Trabalho - eixo Combate à Discriminação, Racismo e Preconceito

Grupo de Trabalho – eixo Combate à Discriminação, Racismo e Preconceito

 

Coisas da Prosa

Coisas da Prosa

Coisas da Prosa

 

Plenária final da IV Conferência

Plenária final da IV Conferência

A luta pelo território tradicional e pelos direitos se fortalece com mais este instrumento.

Precisamos ficar atentos e organizados para garantir que a proposta seja executada.

Participe desta discussão e ação!

Meio Ambiente com gente!

TOPO

Cinema Livre – exibição de curtas e filmes brasileiros nos quintais das comunidades de Iporanga/SP

O Ponto de Cultura “Coisas da Prosa” apresenta Cinema Livre nos quintais do Bairro Serra, crianças, jovens e adultos devoram a 7a. arte.

PdC "Coisas da Prosa"

PdC "Coisas da Prosa"

PdC "Coisas da Prosa"

PdC "Coisas da Prosa"

PdC "Coisas da Prosa"

PdC "Coisas da Prosa"

Cinema faz bem para tudo … experimente!

TOPO

Ponto de Cultura “Coisas da Prosa” agita a comunidade do Bairro Serra

O Bairro Serra está numa movimentação dananda de boa… jovens, adultos e crianças utilizando o novo instrumento comunitário, a internet do Ponto de Cultura “Coisas da Prosa”.

Coisas da Prosa

Coisas da Prosa

 

Coisas da Prosa

Coisas da Prosa

 

PdC-Coisasdaprosa-11-13-02

 

Coisas do ProsaYara, Karina e Raira no Ponto de Cultura “Coisas da Prosa”

 

Coisas da ProsaMauricio de Peruibe e amigos

 

Coisas da Prosa

Kelly, Renata e Rosenilda acessam a internet do quintal do Ponto de Cultura “Coisas da Prosa”

 

Raira, Karina, Yara, Reginaldo e João Vitor

Raira, Karina, Yara, Reginaldo e João Vitor

TOPO

Comunidade Cabocla do Ribeirão dos Camargo realiza Assembléia e define o Mapa do Território Caboclo

Coisas da Prosa

Assembleia das Comunidades Caboclas do Bairro Ribeirão dos Camargo realizada no dia 30 de novembro de 2013 no terreiro da casa de Dona Dirce, define o território tradicional caboclo.

 

Coisas da Prosa Claudionor e Dona Dirce mostram o mapa para Maria Dona Cacilda e Dila
Coisas da Prosa

 

 

Coisas da ProsaDona Dirce fala do mapa realizado pela comunidade

 

Coisas da Prosa

Claudionor caboclo do Ribeirãozinho fala sobre a experiência de realizar o mapeamento do território caboclo

 

Caboclos e caboclas

Caboclos e caboclas

 

Coisas da Prosa

Coisas da Prosa

Coisas da Prosa

 

RibeiraodosCamargo-14

 

 

 

 

 

 

 

TOPO

Saiu na Mídia – II Audiência Pública das Comunidades Tradicionais de Iporanga

 A II Audiência Pública das Comunidades Tradicionais de Iporanga foi noticia nos jornais e TV da região.

As Comunidades Tradicionais de Iporanga agradecem ao apoio.

 

 

Coisas da Prosa

Jornal “Apiaí Tem”

Coisas da ProsaJornal “O Expresso”

TV Tribuna – Jornal – 30-10-2013

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2013/10/quilombolas-fazem-reuniao-em-iporanga-sp-e-cobram-melhorias